Quando um gato completa 10 anos, já é classificado como animal idoso. Mas, como cada um é cada um, os sintomas da velhice podem começar a aparecer antes ou depois dessa idade. É preciso estar atento aos sinais que seu amigo emite para começar a tomar cuidados específicos e garantir uma velhice saudável para seu pet. Veja quais são as principais indicações de um gato está senil:

DIMINUIÇÃO DE APETITE
Não se preocupe se o seu gato diminuir a quantidade de comida ingerida diariamente. Esse é apenas um sinal de que ele já não é mais aquele filhote cheio de energia. Contudo, se ele parar de comer totalmente, procure um veterinário. Preste também muita atenção à diminuição da ingestão de água, pois é comum que gatos desenvolvam doenças renais. Se isso acontecer, busque orientação veterinária.

PERDA DENTÁRIA
Além da queda, alguns dentes também podem ficar escurecidos com o passar do tempo.

MUDANÇA NO COMPORTAMENTO
Com o passar dos anos, as brincadeiras dos gatos vão ficando cada vez mais raras. Eles tendem a ficar mais parados e evitar correr e pular. Alguns bichos também pode se tornar mais agressivos.

OBESIDADE
Por ficarem mais letárgicos na velhice, alguns gatos ganham peso com mais facilidade.

AUMENTO DO SONO
Gatos idosos podem dormir de 18 a 20 horas por dia. Não se assuste, isso é normal nessa fase da vida.

PERDA DO BRILHO NO PELO
O pelo do gato senil pode ficar opaco e até ressecado. Algumas vezes, isso pode estar associado a alguma doença de pele. Por isso, caso note essa mudança no seu pet, procure orientação de um veterinário.

APARECIMENTO DE DOENÇAS
Assim como os humanos, animais idosos têm a saúde mais frágil e ficam doentes com mais frequência. O indicado é que seu amigo aumente a frequência de consultas veterinárias, que devem ser realizadas a cada três meses quando ele completar 10 anos.

Fonte: Portal do Cat