Uma nova lei na província de Quebec, no Canadá, já pode ser seguida como exemplo por todos os outros lugares do mundo. Agora, animais não são mais considerados “coisas, são seres sencientes, e que têm necessidades biológicas”.

Com a mudança, os ‘ex-proprietários’, que agora se encaixam melhor na definição de ‘tutores’, podem receber visitas de inspetores caso haja desconfiança de que não estão tratando os bichos como devem.

Quem for autuado realizando maus-tratos será multado em até 250 mil dólares e os reincidentes serão presos.

Fonte: MAPAA