Guarda Municipal resgata tartaruga, tamanduá e uma coruja

Na manhã da segunda-feira (23), agentes do Grupamento Especial de Proteção Ambiental da Guarda Municipal, de Salvador, foram acionados para a realização de dois resgates. O primeiro de uma coruja, no bairro de Paripe, e um segundo em Praia Grande, também no Subúrbio Ferroviário, onde membros do projeto Tamar acionaram a corporação para resgatar uma tartaruga marinha (espécie oliva).

Segundo pescadores, a tartaruga ficou presa nas redes e foi retirada por eles. Resgatada com vida pela Guarda Municipal, esta espécie costuma desovar na costa da Bahia, e está na lista de animais silvestres ameaçados de extinção. O animal pesa cerca de 50 kg e mede 60 centímetros.

Na última sexta-feira (20), na Fazenda Grande I, um tamanduá mirim foi encontrado por populares da região, que acionaram o grupamento. Segundo contabilização do grupamento, este é o quinto tamanduá resgatado somente este ano. Segundo a corporação, a maior incidência de resgates se deve às ocupações desordenadas dos resquícios da Mata Atlântica.